TC Marajó (PA)

compartilhar

Trata-se de um vasto território de 104.606,90 km², que abrange 16 municípios do Pará: Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, São Sebastião da Boa Vista, Soure e Santa Cruz do Arari.

O TC Marajó é considerado uma região prioritária para a conservação da biodiversidade brasileira, com cerca de 83% de cobertura florestal altamente preservada. Embora muito rico em recursos naturais, o Marajó enfrenta uma dura realidade com um dos mais baixos IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) do país. O Território também sofre diversas pressões, tais como o desmatamento para extração ilegal de madeira, exploração excessiva de recursos naturais, uso inadequado do fogo na agricultura de subsistência, além da criação desordenada de búfalos que acabam compactando os solos em estações chuvosas, destruído a vegetação nativa.

Comunidades

Sua população é de 487.161 habitantes, sendo que cerca de 56,6% vive em área rural, sobretudo nas ilhas e nas margens do rio Amazonas e seus afluentes. Essa parcela da população, conhecida como ribeirinhos, pratica a agricultura familiar, o extrativismo e a pecuária com a criação de búfalos.

As plantas do Território

Nesta região, o Bem Diverso elencou o açaí e a andiroba como espécies prioritárias para desenvolver ações de boas práticas para o extrativismo sustentável e acesso ao mercado. Ambas são muito importantes para as famílias no Marajó. O açaí, além de ser indispensável na dieta alimentar local, é importante fonte de renda devido a grande procura pelo produto em grandes centros urbanos. Já o óleo da andiroba é usado como medicina tradicional pelas comunidades ribeirinhas e tem grande potencial para a indústria de cosméticos.

O Projeto também trabalha no Território para contribui com o desenvolvimento das capacidades locais, por meio de formações continuadas e contextualizadas, tão importantes para o fortalecimento das organizações sociais, a autonomia e empoderamento das comunidades marajoaras.

Parcerias

O Bem Diverso atua no TC Marajó por meio da Embrapa Amapá e da Embrapa Amazônia Oriental, contando ainda com parcerias estratégicas como: a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater/PA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Sistema OCB/AP, Prelazia do Marajó, as cooperativas de produtores CoopAçaí e Bio+Açaí e as associações: Ataime (Associação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Agroextrativistas da Ilha do Meio) de Afuá-PA; Atais (Associação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Agroextrativistas da Ilha do Salvador) de Afuá-PA; Ataic (Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas da Ilha das Cinzas) de Gurupá-PA; e Atraeib (Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do Itatupã e Baquiá) da RSD Itatupã-Baquiá e Gurupá-PA.

Informações:
  • Bioma Amazônia
  • Estados PA
Parceiros: