Quem Somos

compartilhar:

O projeto Bem Diverso visa contribuir para a conservação da biodiversidade brasileira em paisagens de múltiplos usos, por meio do manejo sustentável da biodiversidade e de sistemas agroflorestais (SAFs), de modo a assegurar os modos de vida das comunidades tradicionais e agricultores familiares, gerando renda e melhorando a qualidade de vida. O projeto Bem Diverso visa contribuir para a conservação da biodiversidade brasileira em paisagens de múltiplos usos, por meio do manejo sustentável da biodiversidade e de sistemas agroflorestais (SAFs), de modo a assegurar os modos de vida das comunidades tradicionais e agricultores familiares, gerando renda e melhorando a qualidade de vida.

Parceria

O Bem Diverso é fruto da parceria entre Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com recursos do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF). A execução é feita em parceria com organizações do governo e da sociedade civil.

Principais Eixos

O Bem Diverso iniciou atividades em 2016 e vai até 2020. Tem como principais eixos:

  • A promoção do desenvolvimento sustentável de seis Territórios da Cidadania (TCs) por meio do uso da biodiversidade e de sistemas agroflorestais (SAF).
  • A geração de subsídios para aperfeiçoar as políticas públicas sobre uso sustentável e conservação da biodiversidade.

Locais de atuação e plantas prioritárias

O Bem Diverso atua nos biomas Cerrado, Caatinga e Amazônia, reconhecidos pela importância socioambiental, mas ameaçados pelo desmatamento e aumento de práticas agrícolas insustentáveis. Nestes biomas, o Projeto trabalha diretamente em seis Territórios da Cidadania caracterizados por:

  • Elevada biodiversidade;
  • Presença de espécies de plantas de importância econômica, manejadas por comunidades locais;
  • Potencial para melhoria da qualidade dos produtos da biodiversidade, desde a coleta, passando pelo processamento até o consumo; e
  • Possibilidade para desenvolver ações com SAFs.

 

Nesses Territórios o Projeto elencou doze espécies de plantas da biodiversidade para desenvolver ações de boas práticas de extrativismo sustentável. Essas espécies são muito importantes para as comunidades locais e, se bem manejadas, podem contribuir para a conservação da natureza e manutenção dos serviços ambientais. Conheça abaixo os seis Territórios da Cidadania e suas respectivas plantas prioritárias:

Bioma Cerrado
Bioma Caatinga
Bioma Amazônia
 

Subsídios para políticas públicas

Todas as informações geradas e sistematizadas com base nas ações do Bem Diverso serão encaminhadas para agentes públicos e atores da sociedade civil para serem utilizadas na elaboração e adequação de políticas públicas associadas ao uso sustentável e conservação da biodiversidade. Nesse sentido, os temas centrais priorizados pelo Projeto são: manejo sustentável, segurança alimentar e nutricional, desenvolvimento de capacidades, crédito, assistência técnica e extensão rural (ATER) e fortalecimento de agroindústrias de pequeno porte e do mercado de produtos da biodiversidade.

Ampliação e Fortalecimento das capacidades locais

Para o desenvolvimento sustentável dos Territórios da Cidadania, o Bem Diverso também trabalha pela ampliação das capacidades locais, por meio de formações contextualizadas, associadas ao fortalecimento das organizações sociais. Desta forma, além de contribuir para a conservação da biodiversidade por meio do uso sustentável, o Bem Diverso promove a autonomia e o empoderamento das comunidades tradicionais e de agricultores familiares.