Licuri

Syagrus coronata (Mart.) Becc.

compartilhar
O licuri é uma imponente palmeira com ampla distribuição pelo bioma Caatinga, ocorrendo principalmente a leste do Rio São Francisco, além de ocupar áreas disjuntas ao longo do bioma Mata Atlântica e zonas de transição entre os cerrados e caatingas. Para muitas comunidades agroextrativistas e povos indígenas do Nordeste do Brasil o licuri é uma das plantas de maior importância cultural e socioeconômica, contribuindo para a subsistência e a geração de renda de diversas famílias rurais. Do licuri podemos aproveitar praticamente tudo, das folhas se produz belíssimos artesanatos, os frutos são bastante apreciados pelas populações locais e utilizados na alimentação familiar e de animais domésticos, de suas amêndoas se produz uma diversidade enorme de alimentos e além de um delicioso óleo, muito nutritivo e bastante usado na culinária regional.
Ficha Técnica
  • Família Botânica Arecaceae
  • Nome Científico Syagrus coronata (Mart.) Becc.
  • Bioma(s) Cerrado,Caatinga,Mata Atlântica
  • Territorio(s) TC Sertão de São Francisco (BA)
  • Porte da Planta Palmeira podendo atingir até 11 metros de altura e 20 a 40 cm de diâmetro.
  • Parte Colhida Frutos, amêndoas, folhas, espatas (popularmente conhecida como busa ou capemba).
  • Floração A produção de flores é contínua ao longo de todo ano, porém muito influenciada pelo regime de precipitação de cada região.
  • Frutificação de janeiro a dezembro, com picos entre maio e setembro.
  • Usos Das folhas podem ser feitos artesanatos, sacolas, chapéus, vassouras e outros. Da amêndoa se extrai o óleo de licuri, de gosto similar ao óleo de coco que pode ser usado na alimentação. Este óleo também é considerado um dos melhores para produção de sabão. Dos resíduos da amêndoa advindos da produção de óleo também se produz ração para animais. Ainda da amêndoa é possível fazer doces, licores e o leite de licuri. Muitas comunidades do Nordeste também utilizam as raízes do licuri para fazer chá para tratar dores na coluna vertebral, combater os sintomas da menopausa e ainda como calmante.

Saiba mais sobre o licuri e seus usos 

As palmeiras de licuri podem ser encontradas no norte de Minas Gerais, na região oriental e central da Bahia, no sul de Pernambuco e ainda nos estados de Sergipe e Alagoas. Nesses locais seu nome pode variar para: alicuri, aricuí, adicuri, cabeçudo, coqueiro-aracuri, coqueiro-dicuri, iricuri, oricuri, ouricuzeiro, uricuri e uricuriba.

Os coquinhos de licuri nascem em cachos. Cada palmeira pode produzir até quatro cachos anualmente. Dependendo das condições climáticas e ambientais de cada região, um cacho pode produzir de 333 a 1357 frutos Quando maduros os coquinhos ficam com suas amêndoas mais duras e são bastante nutritivas. Em muitas feiras livres do Nordeste, esses coquinhos são descascados crus e são vendidos em formas de rosário para serem consumidos como petisco.

Os frutos e amêndoas do licuri são uma importante fonte de alimento para diversas espécies da fauna silvestres do bioma Caatinga, em especial à arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), ave endêmica da Ecorregião do Raso da Catarina – BA,. Outras aves também consomem e contribuem para a dispersão dos coquinhos para outras áreas, ajudando na reprodução da planta. Diversos roedores, como mocós, preás e cotias, também comem e ajudam nessa dispersão.

Por se aproveitar praticamente a planta inteira, o licuri é uma importante fonte de renda para várias comunidades rurais vivendo principalmente nas regiões semiáridas do Nordeste. Culturalmente essa palmeira também é símbolo sagrado para muitos povos indígenas, como o grupo dos Fulniôs e Kaimbés que realizam seus rituais utilizando as folhas, os frutos e ainda as matas de licurizeiros para retiro espiritual.

img 0756

img 0756



Coletoras de licuri beneficiando o produto. © Marcos Tito/Bem Diverso

Onde encontrar produtos de licuri?

COOPES- Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina.
Endereço: Avenida Airton Senna 731 A, Bairro São Luiz, Capim Grosso/BA. CEP: 44695-000. 
Telefone: (74) 3651-022. 
Site: http://www.coopes.org.br

AASB- Associação de Artesãos de Santa Brígida. Endereço: Sitío Morada Velha, Zona Rural, Santa Brígida (BA). CEP: 48.570-000. 
Telefone: (75)98847-9252. 
E-mail: arteaasb@hotmail.com / arteaasb@gmail.com

Grupo Sabores da Terra - Telefone: (71) 98160-0142

ARESOL- Associação Regional dos Grupos Solidários de Geração de Renda.
Rua José Lourenço, nº 33, Centro, Senhor do Bonfim (BA). CEP: 48.970-000
Telefone: (74) 3541-9301 / 3275 - 1881. 
E-mail: aresol@aresol.org. 
Site: aresol.org
Facebook: www.facebook.com/Associação-Regional-dos-Grupos-Solidários-de-Geração-de-Renda-1168505153290532/

Fontes

http://www.cerratinga.org.br/licuri/
http://www.ispn.org.br/arquivos/licuri-WEB.pdf

Documentos