Uma meta a alcançar: cerrado de pé é a esperaça do Geraizeiro

compartilhar

TC de Alto Rio Pardo recebe missão de avaliação de Meio Termo do Bem Diverso

O Território da Cidadania (TC) de Alto Rio Pardo em Minas Gerais recebe, entre os dias 28 a 31 de agosto, a equipe responsável pela avaliação de Meio Termo do Projeto Bem Diverso, em que coordenação, técnicos e avaliadores vão analisar as ações desenvolvidas pelo Projeto, o progresso dos resultados e lições aprendidas

Diversas atividades vêm sendo realizadas pelo Bem Diverso no território. Na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Nascentes Geraizeiras, por exemplo, há um grupo de coletores de sementes nativas do cerrado para restauração de áreas degradas, com quem foi realizado o primeiro dia de visita da equipe avaliadora, na comunidade Roça do Mato, no município de Montezuma (MG).

O grupo de coletores e restauradores, composto por anciões, mulheres e jovens com o “jeitinho de ser” dos geraizeiros, os acolheram em um maravilhoso espaço com uma ornamentação recheada com as belezas naturais do cerrado.  Em seguida o grupo, conduzido pela jovem geraizeira Fabrícia Costa, coletora e hoje grande conhecedora do cerrado, apresentou a variedade de espécies de sementes que o grupo tem coletado, quais as áreas de coletas, locais de armazenamento das sementes, a organização do grupo de coletores e uma amostra dos monitoramentos que são feitos na unidade demonstrativa de restauração.
 
Momentos riquíssimos que proporcionam um olhar sobre aquilo que já tem sido feito, os resultados já alcançados e as reflexões e anseios, prioridades e metas a alcançar futuramente no Gerais.

Sobre a Missão

A missão de avaliação de Meio Termo terá atividades durante duas semanas e inclui visitas também ao TC Marajó. Além do progresso dos resultados em relação a uma séria de indicadores, serão apresentadas estratégias de sustentabilidade do Bem Diverso junto às comunidades, que inclui os Planos de Ação Territoriais e o apoio a iniciativas de parceiros, com o objetivo de fortalecer, consolidar e multiplicar os processos que vêm sendo desenvolvidos nos Territórios.

No TC Alto Rio Pardo a missão vai avaliar atividades em Montes Claros, nas Comunidades de Roça do Mato, no município de Montezuma, Vereda Funda e Água Boa II, em Rio Pardo de Minas, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Nascentes Geraizeiras, além de visitar a Escola Família Agrícola (EFA) Nova Esperança, no município de Taiobeiras. No Marajó as atividades serão realizas em comunidades nos municípios de Breves e Portel (PA). Na sexta-feira (06) será realizada, em Brasília, reunião com os membros do CCP e apresentação preliminar dos resultados.

O Bem Diverso é uma parceria entre a Embrapa e o Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD), executado com o apoio de organizações do governo e da sociedade civil com recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF). A iniciativa abrange ações em outros cinco Territórios e é liderada pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. O principal objetivo é conservar a biodiversidade brasileira e gerar renda para comunidades tradicionais e agricultores familiares.

Texto e Fotos: Valdir Dias

avaliação meio termo

avaliação meio termo



Equipe de avaliação vai a campo no TC Alto Rio Pardo © Valdir Dias

fabricia costa

fabricia costa



A geraizera Fabrícia Costa © Valdir Dias

Notícias Relacionadas

Oficina incentiva criação de uma rede de jovens comunicadores geraizeiros do Alto Rio Pardo

“Queremos contar nossa própria história, nossa luta pelo território e as belezas das paisagens e do povo geraizeiro”. Esses...

Leia Mais
Bem Diverso e UnB/MESPT promovem Seminário sobre Agroextrativismo e Populações Tradicionais

O objetivo do evento é evidenciar as práticas agroextrativistas de comunidades indígenas, quilombolas e tradicionais que...

Leia Mais
Prepare-se para a Semana Internacional do Café

Maior encontro de cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários,...

Leia Mais