Um território, um povo que se organiza e se planeja para a sustentabilidade! Um povo de histórias, culturas e tradições.

compartilhar

Dentre o importante papel que a Escola Família Agrícola Nova Esperança, EFA/NM, vem desenvolvendo no Território do Alto Rio Pardo, juntamente com os atores locais, sindicatos dos trabalhadores rurais, instituições e organizações, uma das atividades realizadas anualmente - e que já se tornou parte da cultura geraizeira - é o Festival de Cultura Popular. Neste ano, com o apoio do Projeto Bem Diverso, teve como objetivo tornar-se ainda mais enriquecedor, com a junção de um evento que proporcionasse mais valorização à sustentabilidade do território. Assim, durante os dias 24, 25 e 27 de outubro de 2019 também realizou-se o I Encontro Regional para o Desenvolvimento Sustentável do Alto Rio Pardo, na cidade de Taiobeiras, MG.

Um evento rico na troca de experiências entre jovens, mulheres, agricultores, pesquisadores, representantes do poder público, profissionais, educadores e a população local. No primeiro dia, a programação trouxe mesas de debate, espaços de diálogo, apresentações de trabalhos científicos, relatos de experiências, apresentações musicais dos artistas locais e exposição de feira com os produtos da agro-sociobiodiversidade.

produtos locais ARP

produtos locais ARP



 

No dia seguinte, a continuidade do encontro foi com a socialização dos debates e trabalhos do dia anterior; e para a aprimorar os conhecimentos de temas que vêm sendo desenvolvidos no território, foram realizadas oficinas de gastronomia com os sabores do Alto Rio Pardo, de comunicação popular, restauração do Cerrado, café especial e compras públicas para agricultura familiar dentro do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE.

Para valorizar, dar motivação e visibilidade ao território através das lentes da comunicação protagonizada pela juventude, houve um concurso de fotografia. O momento foi finalizado com uma avaliação final do encontro e encaminhamentos, visando o fortalecimento das ações futuras ao território.

E para encerramento desse grande momento, no dia 27 foi a vez dos povos geraizeiros expressarem suas tradições, com os festejos, comidas típicas, músicas, subida de bandeira, cantigas reis e catiras no V Festival de Cultura Popular do Alto Rio Pardo, realizado na EFA/NM.

E assim segue a construção da história nesse território, protagonizada por esses povos geraizeiros, que sempre lutam por sua sustentabilidade e celebram suas tradições.

Texto: Valdir Dias

Fotos: Valdir Dias, Udilésio Santos e Emanuela Miranda

folia de reis ARP

folia de reis ARP



cantor ARP

cantor ARP