Encontro do Bem Diverso reunirá populações tradicionais e especialistas em Brasília (DF)

compartilhar

Reunião anual do projeto, realizado em parceria pela Embrapa e pelo PNUD, acontece nos dias 5, 6 e 7 de dezembro e debate a biodiversidade e a sustentabilidade

O Projeto Bem Diverso realiza, no início de dezembro, em Brasília (DF), o seu encontro anual. Com o tema Conservando a biodiversidade pelo uso sustentável, o evento reunirá populações tradicionais apoiadas pelo projeto e especialistas para troca de conhecimentos, experiências e informações. Serão três dias de debates – de 5 a 7 de dezembro – em torno da conservação da biodiversidade e de boas práticas de extrativismo sustentável de plantas, que têm alto potencial para geração de renda, inclusão social e conservação da biodiversidade e serviços ambientais.

O projeto atua nos biomas Cerrado, Caatinga e Amazônia, reconhecidos pela importância socioambiental, mas ameaçados pelo aumento de práticas agrícolas pouco sustentáveis. Nesses biomas, o projeto atua em seis territórios, todos reconhecidos pela importância na exploração de produtos da biodiversidade, com significativa organização social e produtiva. 

Para os organizadores do evento, essa é uma oportunidade única para reunir populações tradicionais, indígenas e agricultores familiares de diversas regiões do Brasil e que tem experiências emblemáticas no uso sustentável e conservação da biodiversidade.

“É possível conservar a biodiversidade e os serviços ambientais, como por exemplo o provisionamento de água e a regulação climática, através do uso sustentável da biodiversidade, respeitando e fortalecendo os meios de vida das comunidades locais”, explica o pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e coordenador do projeto, Aldicir Scariot.

Programação
No primeiro dia de evento, os participantes debaterão o que a gastronomia pode fazer para a biodiversidade e será apresentada a proposta do Centro Global de Gastronomia e Biodiversidade, uma iniciativa do Instituto ATÁ. Também no dia 5 de dezembro, haverá debates sobre comercialização dos produtos da biodiversidade, sobre educação contextualizada dos povos tradicionais, e sobre exemplos de estratégias apoiadas pelo projeto para valorizar as espécies da sociobiodiversidade.

No segundo dia, haverá mesas de discussão sobre a experiência das mulheres na luta pela autonomia no campo,  políticas públicas, planejamento da paisagem e agregação de valor aos produtos da biodiversidade. No terceiro dia do evento, os debatedores apresentarão resultados sobre a importância dos produtos da biodiversidade para a conservação, os exemplos e desafios da industrialização desses produtos e a luta pela garantia dos territórios dos povos tradicionais. Confira ao lado a programação completa do encontro.

“Temos a intenção de promover um debate rico e intenso em torno desse tema tão urgente para o Brasil. Todos os convidados são pessoas bem atuantes em suas áreas e, com certeza, terão muito a colaborar com o encontro”, afirma o Assessor Técnico do Projeto, Carlos Castro.

O Projeto
Fruto de uma parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com recursos do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF), o Projeto Bem Diverso busca promover o desenvolvimento sustentável e gerar subsídios para aperfeiçoar as políticas públicas sobre uso sustentável e conservação da biodiversidade.

 

Serviço:
Encontro Anual do Bem Diverso

Onde: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Cenargen) - Auditório Assis de Bem
Parque Estação Biológica - PqEB s/nº. Brasília, DF (próximo à Secretaria de Saúde do DF - antiga Câmara Distrital)

Quando: de 05 a 07 de dezembro de 2017

Para se inscrever, envie um e-mail comunicacaobemdiverso@gmail.com com nome, CPF e telefone. As vagas são limitadas.

Entrada gratuita!