Bem Diverso realiza oficina de jovens comunicadores no Território de Sobral (CE)

compartilhar

A partir de 2020 um grupo de 21 jovens do Boqueirão, distrito da zona rural de Sobral (CE), serão os primeiros comunicadores comunitários do município. Nos dias 21 de novembro e 5 de dezembro, eles participaram do curso de capacitação de jovens comunicadores promovido pelo projeto Bem Diverso, para botarem em prática – através de suas redes sociais - uma comunicação voltada para o engajamento de mais jovens na vivência comunitária.

A capacitação foi coordenada pelo jornalista Adilson Nóbrega, analista da Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE), a partir de demanda apontada por agricultores da comunidade Sítio Areias, no Boqueirão, que destacaram a necessidade de uma maior participação da juventude. O grupo, que já se reunia na comunidade para apresentações como as quadrilhas de festa junina, foi orientado a usar suas competências, recursos e meios de comunicação, para ampliar sua atuação. Por decisão deles, a partir de 2020, irão usar suas redes sociais, apresentações artísticas e reuniões na tentativa de engajar mais jovens, cobrindo assuntos como sustentabilidade e inclusão, baseados em valores como amizade, acolhimento e superação de preconceitos.

No segundo dia de capacitação, já foram capazes de apontar oportunidades de atuação, seja por meios já usados anteriormente, como as apresentações de dança e quadrilhas juninas, ou por canais como o Instagram (@jovens_do_sertao). Em um planejamento prévio, conduzido a partir das sugestões dos integrantes, foram apontadas possibilidades como falar sobre a realidade da agricultura familiar nas apresentações de teatro ou usar o Instagram para abordar temas considerados importantes para jovens, como preconceito e drogas.

Para os participantes, o curso despertou o interesse pela Comunicação como uma ferramenta para alcançar objetivos da comunidade. “A gente aprendeu muito sobre Comunicação e como interagir mais. Acredito muito nesse trabalho porque foram muitas sugestões vindas de cada pessoa aqui”, disse a aluna Valentina Morais.

“Achei um curso muito legal, uma forma da gente conhecer a importância da Comunicação. Será muito importante colocar isso em prática, pois são coisas que a gente quer e é querendo que se consegue”, afirmou outra participante, Leiliane Sousa.

Para 2020, a ideia é, além de consolidar a experiência dos jovens do Boqueirão, iniciar, em outro município do Território de Sobral – ainda não definido - um trabalho baseado nas metodologias participativas de Comunicação, com as quais a Embrapa Caprinos e Ovinos trabalha desde 2016, inicialmente no projeto Sustentare - voltado para agricultura familiar, finalizado em 2018 - e, posteriormente, no projeto Bem Diverso.

A proposta é fazer com que atores locais se reconheçam como comunicadores comunitários e passem a atuar de forma autônoma em favor de objetivos definidos e priorizados em conjunto, como a promoção da agricultura sustentável e o associativismo.

Texto: Adilson Nóbrega
Fotos: Viviane Duarte

whatsapp image 2019 12 06 at 18 32 12 1

whatsapp image 2019 12 06 at 18 32 12 1



whatsapp image 2019 12 06 at 18 32 12 2

whatsapp image 2019 12 06 at 18 32 12 2