Bem Diverso e União Europeia juntos no avanço de questões ambientais

compartilhar:

Os Diálogos Setoriais são uma dinâmica de cooperação entre a União Europeia e o Brasil, que discutem diversos temas, tendo como base princípios de reciprocidade e complementaridade.

A cooperação do Brasil com a União Europeia na dimensão ambiental do desenvolvimento sustentável avança com participação do projeto Bem Diverso. A conservação da biodiversidade e alívio da pobreza foi o tema da proposta do Bem Diverso aprovada, neste mês, pelo comitê deliberativo da 10ª Convocatória da Iniciativa de Apoio aos Diálogos Setoriais. 

O coordenador do Bem Diverso, Aldicir Scariot, explica que a proposta tem como ações previstas missões de visita de pesquisadores brasileiros à União Europeia, assim como a realização de visitas nos espaços brasileiros de conservação da biodiversidade. "A Europa apresenta uma larga experiência no uso sustentável de suas terras, promovendo desenvolvimentos social, econômico e cultural", comenta.

Com esses diálogos, Brasil e comunidade europeia objetivam criar um debate organizado e orientado para os resultados dessas questões, envolvendo o governos, a academia e a sociedade civil organizada, para desenvolver um quadro técnico para apoiar as políticas públicas neste setor.

Saiba mais

A proposta do Bem Diverso foi uma das 14 selecionadas de um total de 29 analisadas pelo comitê. Os projetos fazem parte das seguintes áreas prioritárias: mudança climática; questões de concorrência; políticas culturais; política energética; questões industriais e regulatórias; dimensão ambiental do desenvolvimento sustentável; pequenas e médias empresas; e serviços financeiros. A 10ª Convocatória da Iniciativa de Apoio aos Diálogos Setoriais irá contemplar as propostas com um total de aproximadamente R$ 2,5 milhões.

Os Diálogos Setoriais são uma dinâmica de cooperação entre a União Europeia e o Brasil, que discutem diversos temas, tendo como base princípios de reciprocidade e complementaridade.   O projeto é coordenado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – por meio da Direção Nacional da Iniciativa - pela Delegação da União Europeia no Brasil e pelo Ministério das Relações Exteriores.

Fórum com a comunidade europeia 

No último dia 21, parceiros do Bem Diverso já iniciaram a troca de experiências com a União Europeia no 1o Fórum de Discussão sobre Comércio Justo e Ético, no Rio de Janeiro. Aproximadamente 150 formuladores de políticas, instituições governamentais, empresários nacionais e internacionais, associações e organizações de consumidores e da sociedade civil marcaram presença.

O Fórum tem como objetivo a conscientização, a troca de experiências e a identificação de novas oportunidades de negócios para facilitar o comércio de produtos de forma justa e ética. É o que busca o projeto Bem Diverso (coordenado pela Embrapa e PNUD) ao trabalhar com parceria com pequenos agricultores e extrativistas e suas cooperativas e associações para agregar valor e melhorar a qualidade dos produtos oriundos da biodiversidade brasileira.

O diretor Financeiro da Cooperativa Agroextrativista Grandes Sertões, localizada no sertão norte de Minas Gerais, Aparecido Alves de Souza, é um desses parceiros. Ele celebrou os relacionamentos proporcionados com potenciais compradores dos seus produtos durante o evento: “Nesse evento, tive oportunidade de estabelecer contato com empresários de diversos estados brasileiros, além de Portugal e Espanha".

Em um estande estavam expostos aos participantes brasileiros e europeus sabonete e farinha de babaçu; óleos de licuri, buriti e pequi; cerveja de coquinho azedo. Representando os trabalhadores rurais e quebradeiras de coco babaçu de diversas comunidades do Médio Mearim, no Maranhão, Valdenir Muanda, também esteve no evento e conferiu o grande interesse dos participantes nos produtos de babaçu produzidos por sua associação, a Assema (Associação em Área de Assentamento no Estado do Maranhão (ASSEMA).

Lara Aliano/ Agência MOC

Aline Bastos/ Embrapa Agroindústria de Alimentos 

O pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Sérgio Cenci, com o parceiro da Cooperativa Grandes Sertões, Aparecido Alves de Souza.

O pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Sérgio Cenci, com o parceiro da Cooperativa Grandes Sertões, Aparecido Alves de Souza.



O pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Sérgio Cenci, com o parceiro da Cooperativa Grandes Sertões, Aparecido Alves de Souza. © Aline Bastos/ Embrapa Agroindústria de Alimentos

Feira União Europeia

Feira União Europeia



Agricultores participam de Fórum de Discussão sobre Comércio Justo e Ético © Aline Bastos/Embrapa Agroindústria de Alimentos